Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Renascer

Renascer

Reflexão das 18h00

Alice 🦋, 02.12.20

Hoje acordei um tanto nostálgica, pensei no passado, no presente, mas, sinceramente, espero pelo meu futuro com uma certa impaciência e esperança.

Pensar que daqui a pouco mais de um ano finalizo o meu curso e, se tudo correr bem, começo a trabalhar na minha área, enche-me de entusiasmo.

Neste momento, partilho a casa com a minha namorada e outras duas colegas, mas já me encontro à procura de um apartamento só para nós as duas, dado que partilhar casa com outras pessoas não é um processo nada pacífico, é até bastante complexo, sobretudo quando as outras pessoas não partilham dos mesmos hábitos que nós, aspetos importantes e lógicos que deviam de ser regra para quem partilha alojamento (limpezas, etc.). Pessoalmente, tenho uma experiência muito negativa no que toca a partilhar casa. Foi preciso estar no terceiro alojamento em um ano e poucos meses para perceber que não vale a pensar insistir mais. Nem todas as pessoas apresentam ter as mesmas prioridades e nós temos de aceitar isso, mesmo que algumas questões não façam qualquer sentido na nossa cabeça. Vai também ser uma transição notável, visto que para além de finalmente ter o meu espaço de lazer e de trabalho, vai dar-me uma nova força para cuidar dele.

Contudo, acho que vão ser mudanças e finais de capítulos necessários, que vão ter um impacto imensamente positivo na minha vida, os quais pretendo agarrar para me expandir e para me auxiliar a ver a vida com novas cores.

São todas oportunidades únicas de crescimento pessoal, um novo toque e encontro com a realidade, a qual só espero que me receba de braços abertos.

Este tipo de observação, faz-se refletir a respeito do meu "eu" singular, reflexão esta que, desde cedo, não era feita de boa vontade, por consequência de particularidades internas e externas que conduziam a olhar para a pessoa que sou com uma certa rejeição e até uma acanhada percentagem de repugnância, embora que relevante.

Hoje em dia, respeito o meu processo de crescimento. Tenho em consideração toda a minha evolução e já me é possível identificar algumas respostas para com certas atitudes passadas. Atualmente, posso afirmar que me adoro, que tenho bastante interesse em conhecer-me melhor em diversos pontos, bem como, trabalhar em quem tenciono ser e estar, cultivando-me, acreditando e chegar ao auge de amor, amor sincero por quem sou.

Estou ansiosa por viver, inquieta por aproveitar tudo o que a vida e eu temos para me oferecer.

Que processo complexo este, mas eu vou lá chegar.

Obrigada se ainda estás a ler este post, obrigada por acompanhares este momento aconchegante do meu dia. 

Até mais!

 

IMG_20201201_165114.jpg

8 comentários

Comentar post